Milhões de pessoas sofrem de enxaquecas debilitantes, prejudicando suas atividades profissionais, seja no trabalho, na escola ou mesmo em casa. A enxaqueca contribui para quadros extremos de depressão, pois o sofrimento é intenso, devido as poucas opções de tratamento existente no mercado.

Amgem e a Novartis, empresas farmacêuticas, prometem mudar essa situação com o medicamento chamado de Aimovig, aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos e a primeira droga feita especificamente para prevenir a enxaqueca.

O Aimovig, é administrado por injeção mensal, o medicamento atua bloqueando um receptor de proteína no cérebro, impedindo que um peptídeo que desencadeia a enxaqueca se ligue ao seu alvo.

Durante os ensaios, reduziu pela metade o número de dias de enxaqueca dos receptores. Cen Xu, diretora científica da Amgen para neurociência, diz que ficou impressionada com o feedback positivo das mais de 52 mil pessoas que usaram o Aimovig até agora. “Ao ver as cartas manuscritas, fico muito emocionada”, diz ela.

O Aimovig, é um medicamento caro para os brasileiros, o preço por dose nos Estados Unidos é de US $ 575. Ainda não sabemos quando vai chegar ao Brasil e quanto vai custar aqui. Com certeza, pelo preço praticado nos Estados Unidos, será um tratamento para poucos aqui no Brasil.

Informações importantes sobre a segurança de uso do Aimovig

Os fabricantes recomendam antes de iniciar o tratamento com Aimovig, informar o seu médico sobre todas as suas condições médicas, incluindo se você é alérgico a borracha ou látex, se está grávida ou planeja engravidar, amamentar ou se planeja amamentar. Informe ao seu médico sobre todos os medicamentos que você toma, incluindo qualquer prescrição e medicamentos de venda livre, vitaminas ou suplementos naturais.

Quais são os possíveis efeitos colaterais do Aimovig?

Os efeitos secundários mais comuns do Aimovig são dor, vermelhidão ou inchaço no local da injeção e obstipação.

Referência: https://www.aimovig.com/

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome aqui