magnesio

O magnésio se apresenta na natureza em forma de sais ou quelatos. Em sais e quelatos os mais famosos são o Cloreto de Magnésio e o Magnésio Dimalato respectivamente. As diferenças entre os sais e os quelatos são quanto ao poder da absorção do magnésio pelo organismo. No caso o Cloreto de Magnésio é menos absorvido do que o Magnésio Dimalato, porém o Cloreto de Magnésio é bem mais barato.

Segundo Dr. Lair Ribeiro, devido a pobreza dos solos brasileiros em magnésio, a sua suplementação é de vital importância, porque o Magnésio participa em mais de 300 reações bioquímicas no corpo humano.

Mesmo que se tenha uma alimentação rica em vegetais, é necessário fazer suplementação de magnésio, já que as plantas não podem retirar do solo o que não existe. Ao contrário de regiões vulcânicas, ricas em magnésio, ai sim a ingesta natural de vegetais pode suprir naturalmente o organismo de magnésio.

A principal função do Magnésio é regular a distribuição do Cálcio por todo corpo.


A suplementação com magnésio é muito importante já que esse elemento químico participa em mais de 300 reações bioquímicas em nosso organismo. A principal função do magnésio é regular a distribuição do Cálcio pelo nosso corpo. Ele é quem fixa o cálcio onde deve haver e elimina o cálcio onde não deva haver. Calcificações na coluna, nas articulações, nos rins (oxalato de cálcio) e das artérias acontecem pela carência de magnésio no organismo. Os incômodos cálculos renais ou pedra nos rins quando na forma de oxalato de cálcio são formados (cristalizados) pela falta de magnésio. E na presença do magnésio são dissolvidos. O magnésio previne palpitações, arritmia cardíaca ele é um potente antiarrítmico, ativa o sistema imunológico, previne e trata a osteoporose, bursites, artrose, além de ser vaso dilatador das artérias e analgésico.

A quantidade de Magnésio necessária para suprir o corpo humano, vai depender da sua altura e peso, variando entre 300 a 350mg por dia.

A ingesta diária inferior a 300mg de Magnésio pode acarretar nos seres humanos: anemia, agitação, irritabilidade, ansiedade, anorexia, mãos e pés gelados, perturbação da pressão sanguínea (tanto na hipertensão como na hipotensão), insônia, náuseas, fraqueza e tremores musculares, nervosismo, desorientação, alucinações, cálculos renais e taquicardia. O magnésio é essencial para a fixação correta do cálcio no organismo; a deficiência de magnésio pode causar endurecimento das artérias e calcificação das cartilagens, articulações e válvulas cardíacas; sua carência pode causar descalcificação nos ossos e levar ao quadro da osteoporose.

Os principais benefícios do Magnésio em nosso organismo são:

  • Regular a distribuição de cálcio pelo corpo (principal),
  • Regular a pressão arterial elevada,
  • Prevenir o infarto do miocárdio,
  • Dissolver a maioria dos cálculos renais,
  • Melhorar a qualidade dos ossos e dentes,
  • Evitar a morte súbita,
  • Auxiliar no tratamento da asma,
  • Resolver o cansaço crônico,
  • Melhorar a função renal,
  • Melhorar a função hepática,
  • Combater o estresse,
  • Calmante do sistema nervoso,
  • Regular a menstruação e tpm,
  • Melhorar a digestão,
  • Reduzir o risco de diabetes,
  • Impedir o risco de parto prematuro,
  • Melhorar o ph do nosso organismo,
  • Normalizar os níveis de colesterol,
  • Reduzir o risco de câncer e tumores,
  • Melhorar as funções cerebrais.

Como fazer a suplementação com cloreto de magnésio é bem simples use 20 gramas para cada litro de água e tome dois copinhos de café de 50ml por dia.

Outra função importante do magnésio no nosso estômago é na produção do ácido clorídrico (ácido gástrico).

Na medida que envelhecemos, a produção do ácido gástrico no estômago diminui, muitas vezes de forma drástica, e o pior é que não percebemos. Neste caso a suplementação commagnésio seja como cloreto de magnésio ou magnésio dimalato vai ajudar a normalizar a produção do ácido gástrico evitando dessa forma uma série de problemas potenciais a nossa saúde. Além disso, o magnésio, atua diretamente no metabolismo, corrigindo a absorção de nutrientes e consequentemente, tornando a pessoa mais saudável. O magnésio rejuvenesce e impede a calcificação dos órgãos e tecidos, que é característica da degeneração relacionada com a velhice do corpo humano. O magnésio participa em mais de 300 reações, importantes e fundamentais, para manter o corpo em forma, jovem e saudável.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome aqui